Missa de sétimo dia em memória do desembargador Herbert Carneiro é celebrada em BH

12/04/2018 - 20:25

A Missa de Celebração da Esperança (Sétimo Dia) em intenção do desembargador Herbert Carneiro, presidente do TJMG e ex-presidente da Amagis, foi realizada na noite desta quinta-feira, 12, na Igreja São José, na região central de Belo Horizonte. O padre Alexandre Fernandes presidiu a cerimônia.

O presidente da Amagis, desembargador Maurício Soares, e membros da diretoria participaram da celebração, além de diversos outros magistrados, autoridades, familiares e amigos de Herbert Carneiro.

Missa

O presidente em exercício do TJMG, Geraldo Augusto de Almeida, fez a primeira leitura da missa – Atos dos Apóstolos.

No momento da homilia, o padre Alexandre ressaltou a necessidade de entrega da dor e da saudade a Deus, que recebe nossos entes queridos. Ele destacou que cada um que planta amor e justiça colhe esses frutos.

Missa

O pároco disse ainda que a dor e o sofrimento são uma etapa que todos nós enfrentamos, mas que Deus morreu na cruz para transformar isso e dar sentido à vida. “O mais importante para Deus não é a morte física. É quando o homem realmente morre para Ele. E, para isso, Deus deu uma resposta, que se chama vida eterna”, afirmou. 

Ao final da celebração, o padre dirigiu palavras de conforto e esperança à família do desembargador Herbert Carneiro. Ele lembrou a época em que conheceu o magistrado, que ainda atuava na Vara de Execuções Criminais de Belo Horizonte. “Já neste primeiro momento reconheci a sensibilidade no coração dele e, mais do que isso, eu o reconheci como homem da família”, disse.

O pároco afirmou também que durante todo o período em que conviveu com os familiares de Herbert Carneiro pôde perceber a cumplicidade e o amor entre eles.

 Missa

O filho do presidente do Tribunal, Thiago Pires Silva Carneiro, prestou uma homenagem ao pai e leu um texto no qual exaltou a trajetória de desafios e conquistas e o legado deixado por ele.

Thiago falou do tempo em que o pai sonhava ser padre e jogador de futebol e afirmou que, no Direito, foi que ele se encontrou. “Na magistratura ele podia aliar seu lado eclesiástico no trato com as pessoas, seus dribles de futebol no exigente exercício da judicatura e sua real vocação de transmitir valores”, afirmou.

 Missa

Ele disse ainda que o pai foi astuto ao ensiná-lo a distinguir e, principalmente, a combater a falência do espírito humano que, segundo Thiago, “infelizmente está diluída no ar”.  

Thiago finalizou sua homenagem lembrando que o exemplo de seu pai “está aí, tão somente para quem quiser e achar devido”.

 Missa

O desembargador Herbert Carneiro faleceu no dia 6 de abril. O corpo dele foi velado no auditório do Tribunal Pleno, no edifício sede do TJMG.

Em nota de pesar, a Amagis destacou sua atuação no associativismo desde que começou a atuar como diretor da Associação até chegar à Presidência, firmando-se como um dos grandes líderes da Magistratura. Leia aqui.

Autoridades dos Três Poderes, representantes de entidades e colegas prestaram diversas homenagens ao desembargador. Leia aqui.

Compartilhe
Logar-se para comentar
Nenhum comentário ainda.