Agenda Cultural

A Amagis passa a divulgar, todas as semanas, uma agenda cultural com os principais eventos e dicas de shows, teatro, filmes, concertos, etc. Confira:   

 

exposição

ARTEMINAS – não quis o que estava no ar

Data: até 19 de novembro

Horário: terça a sábado das 9h30 às 21h e domingo das 16h às 21h30 

Local: Palácio das Artes – Avenida Afonso Pena, 1537, Centro

Mais informações: (31) 3236-7400 ou

http://fcs.mg.gov.br/index.php?option=com_gmg&controller=event&id=2544-arteminas-nao-quis-o-que-estava-no-ar

A produção artística mineira invade o Palácio das Artes com a 3ª edição do programa ARTEMINAS – não quis o que estava no ar. O programa é uma iniciativa da Fundação Clóvis Salgado de fomento à produção mineira em artes visuais.  Para a edição deste ano foram selecionadas obras dos artistas Pedro Moraleida, Marta Neves, Randolpho Lamonier e Desali. Serão exposições individuais que tem em comum uma proposta discursiva de transgressão e questionamento. De propostas revolucionárias e de vanguarda, as obras se distinguem pelas particularidades de cada artista e seus modos únicos de expressão.

 

Ex África

Data: até 30 de dezembro

Horário: 9h às 21h

Local: Centro Cultural Banco do Brasil – Praça da Liberdade, 420 – Funcionários

Mais informações: http://www.soubh.com.br/exposicoes/exposicao-ccbb-africa/

A inédita exposição Ex África, que reúne diversos nomes da cena contemporânea africana, revela a riqueza da arte e diversidade por meio de diferentes recortes: performances, música, instalações, fotografias, videoarte, pinturas, palestras. A mostra também conta com programação especial para crianças, com o Brincando para conhecer a África. Serão atividades lúdicas, histórias fantásticas sobre orixás, jogos de realidade aumentada, ritmos, tradições e estilos afro-brasileiros. Além de tudo isso, a mostra traz música, obras de arte e cinema para as crianças. A entrada é gratuita.

 

Aparecida 300 anos

Data: até 7 de janeiro de 2018

Horário: terças, quartas e sextas das 10h às 19h, quintas das 12h às 21h, sábados e domingos das 12h às 19h

Local: Centro de Arte Popular Cemig – Rua Gonçalves Dias, 1608 – Lourdes

Mais informações:

http://circuitoculturalliberdade.com.br/plus/modulos/listas/index.php?tac=agendaver&id=3278&layout=programacao

A imagem de Aparecida é um ícone onipresente na vida brasileira. Declarada rainha e padroeira do Brasil, a pequena imagem de Nossa Senhora da Conceição apareceu no rio Paraíba do Sul, há exatos 300 anos, achada por três pescadores. Por toda parte o tricentenário é festejado. A presença desse símbolo suplanta o espaço religioso e frequenta os recônditos da cultura popular. Com curadoria de Tadeu Bandeira, diretor do Centro de Arte Popular, a exposição Aparecida 300 Anos apresenta um acervo de 200 obras de artistas plásticos vindos de diversas regiões do país, como Minas Gerais, Goiás, Maranhão, Piauí, Rio de Janeiro e São Paulo, todas evocando a figura de Nossa Senhora Aparecida, seja por meio da pintura, escultura, gravura, desenho, cerâmica, bordado, dentre outras técnicas.

 

cinema

Tim Burton e Suas Histórias Peculiares

Data: até 5 de novembro

Horário: 15h às 19h

Local: Sesc Palladium – Av. Augusto de Lima, 420 – Centro

Mais informações:

http://www.sescmg.com.br/wps/portal/sescmg/centrais/central_de_programacao/programacao_aberta/cultura+-+programacao/mostra+tim+burton+e+suas+historias+peculiares

Até o dia 5 de novembro, uma retrospectiva inédita no Brasil do cineasta Tim Burton ficará em cartaz no Sesc Palladium. Entre os destaques da mostra Tim Burton e Suas Histórias Peculiares estão os filmes Batman, Planeta dos Macacos, Edward Mãos de Tesoura, A Noiva Cadáver, O Estranho Mundo de Jack e muito mais. O evento ainda contará com palestras e oficinas gratuitas voltadas para o trabalho do cineasta. Na mostra, o público poderá assistir a 41 produções, sendo 20 delas dirigidas por Tim, além de sete títulos com produção do cineasta e 14 obras que são referência para seu trabalho. As sessões no Cine Sesc Palladium têm entrada gratuita, com retirada de ingresso 30 minutos antes da exibição e limitação de 79 lugares.

 

shows

Jota Quest – Acústico

Data: 3 e 4 de novembro (sexta e sábado)

Horário: 21h

Local: Palácio das Artes – Av. Afonso Pena, 1537 – Centro

Mais informações: http://www.soubh.com.br/shows/jota-quest-acustico/

Comemorando 20 anos de sucesso e com muita história pra contar, a banda mineira Jota Quest traz a BH o seu mais novo espetáculo "Jota Quest Acústico - Músicas Para Cantar Junto", em show que traz os grandes clássicos do grupo em versões acústicas inéditas, além de novas canções, compostas especialmente para o projeto.

 

A Música da Cidade

Data: 6 de novembro (segunda-feira)

Horário: 20h

Local: Palácio das Artes – Av. Afonso Pena, 1537 – Centro

Mais informações: https://www.ingressorapido.com.br/venda/?id=2916#!/tickets

Em comemoração aos 120 anos de Belo Horizonte, acontece no Grande Teatro do Palácio das Artes um espetáculo imperdível. A Música da Cidade será um show com algumas das bandas mais consagradas da capital mineira. Skank, Tianastácia e Pato Fu estarão juntos no palco tocando seus maiores sucessos. O show contará com a participação surpresa de outras bandas.

 

Arnaldo Antunes

Data: 11 de novembro (sábado)

Horário: 21h

Local: Cine Theatro Brasil – Rua dos Carijós, 258 – Centro

Mais informações: http://cinetheatrobrasil.com.br/programacao/mostra-cine-brasil-de-teatro-e-musica-apresenta-a-casa-e-sua-arnaldo-antunes/

Arnaldo Antunes apresenta ao público um show intimista, acompanhado por dois músicos, Chico Salem (violão e guitarra) e André Lima (teclados e sanfona). Neste show batizado de “A Casa é Sua”, Arnaldo explora com liberdade uma nova sonoridade e revela as canções de outro modo, evidenciando mais as letras. O repertório passeia por músicas de toda sua carreira, como “Não Vou Me Adaptar”, “Saiba”, “Meu Coração”, “Muito Muito Pouco”, e inclui algumas canções de seu mais novo trabalho, “Já É”, como “Naturalmente, Naturalmente” e “Põe Fé Que Já É”. Mas Arnaldo também apresenta canções escritas em parceria com Paulo Miklos (“Fim do Dia”), Marisa Monte e Carlinhos Brown (“Consumado”), Liminha (“Invejoso”), Alice Ruiz (“Socorro”), entre outros artistas.

 

Paulinho da Viola encontra Marisa Monte

Data: 11 de novembro (sábado)

Horário: 22h

Local: Km de Vantagens Hall – Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – Savassi

Mais informações: http://premier.ticketsforfun.com.br/shows/show.aspx?sh=PAULVBH17&v=BCH

A turnê terá um repertório impecável e inédito de canções conjuntas e próprias de cada artista. Esse encontro histórico da música brasileira vai homenagear a nobreza do samba e a cumplicidade entre os artistas em cena, fruto tanto da admiração recíproca entre eles quanto da ligação genuína com o samba. Várias composições dos artistas estão no roteiro do show, ao lado de títulos da própria Marisa que giram ao redor do universo do samba, casos de Carnavália (Marisa Monte, Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes, 2002) e De mais ninguém (Marisa Monte e Arnaldo Antunes, 1994). Mas, o centro do show é o samba produzido pelos compositores da Velha Guarda da Portela.

 

teatro

Chacrinha, O Musical

Data: 4 e 5 de novembro (sábado e domingo)

Horário: sábado às 16h30 e às 21h e domingo às 16h

Local: Cine Theatro Brasil Vallourec – Rua dos Carijós, 258 – Centro

Mais informações: http://soubh.com.br/teatro/chacrinha-musical/

Grande sucesso dos palcos em todo o país desde 2014, o espetáculo marcou a volta de Stepan Nercessian ao teatro, emocionando com sua interpretação do velho guerreiro. Em cena, personagens emblemáticos do Cassino, como Russo, Elke Maravilha, Pedro de Lara, Boni e, claro, as Chacretes. Com texto de Pedro Bial e Rodrigo Nogueira, o musical conta com direção de Andrucha Waddington. O espetáculo acompanha a trajetória do apresentador desde sua infância em Surubim, Pernambuco, até o auge da carreira na TV Globo, comandando o programa de auditório "Cassino do Chacrinha", com espaço para as chacretes, os trocadilhos infames, buzinadas e o famoso troféu abacaxi.

 

A inocência está perdida

Data: 12 de novembro (domingo)

Horário: 19h

Local: Cine Theatro Brasil – Rua dos Carijós, 258 – Centro

Mais informações: http://www.soubh.com.br/teatro/inocencia-perdida/

O humorista Matheus Ceará relembra as histórias de sua infância, incluindo os causos de seus avós, Seu Antenor e Dona Leonora, e as experiências vividas com a sua esposa, Maria Caranguejo, e seus filhos, Waldisney e Disneylândia. Matheus venceu, em 2010, o quadro “Quem chega lá”, do “Domingão do Faustão”, na Rede Globo. Há quase cinco anos ele é um dos personagens mais queridos do programa “A Praça é Nossa”, do SBT, onde é responsável por alguns dos picos de audiência do semanal. Além das surpreendentes lembranças, que prometem muitas gargalhadas, Matheus Ceará apresentará o novo “Quadro da Máscara”, que contará com a participação da plateia.

 

Deu a Louca na Branca

Data: 17 e 18 de novembro (sexta e sábado)

Horário: 20h30

Local: Teatro Bradesco – Rua da Bahia, 2244 – Lourdes

Mais informações: http://www.soubh.com.br/teatro/deu-louca-na-branca/

A comédia é um solo da atriz Cacau Protásio, que conquistou definitivamente o grande público na novela "Avenida Brasil", de João Emanuel Carneiro, como Zezé, empregada de Carminha (Adriana Esteves). Na peça, Sebastiana (Cacau Protásio) narra sua trajetória até o momento em que teria sido descoberta por Walt Disney, a quem atribui a responsabilidade por tê-la transformado na personagem mais famosa de todos os tempos (Branca de Neve). Apesar de sua notável fama, ela guarda ainda uma revolta por seu criador: ele é quem teria feito com que o público sempre a visse e a chamasse de Branca, embora fosse declaradamente negra.

 

Intimidade Indecente

Data: até 17 de dezembro

Horário: sextas e sábados às 20h30 e domingos às 19h

Local: Teatro da Cidade – Rua da Bahia, 1341 – Centro

Mais informações: http://www.teatrodacidade.com.br/em-cena/

Bem-humorado, comovente, emocionante, Intimidade Indecente, texto primoroso e atual de Leilah Assumpção, retrata o cotidiano das relações de um casal ao longo de quatro décadas. Em cena, Andreia Garavello e Geraldo Peninha dão forma às personagens que vão fazer você rir muito e também se emocionar pra valer.

 

Compartilhe